Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Restrição em SP é vista com ‘grande pesar’ por lojistas de shopping

Medida é “um desespero a mais”, afirma associação brasileira

Por Manoel Schlindwein Atualizado em 11 mar 2021, 10h44 - Publicado em 3 mar 2021, 16h02

A Associação Brasileira de Lojistas de Shopping vê as novas restrições anunciadas hoje pelo governo paulista como medida de combate ao coronavírus “com grande pesar, uma vez que o setor já tem sido prejudicado neste último ano, desde o começo da quarentena”.

“Serão mais duas semanas de comércio fechado, um desespero a mais para os lojistas que estão vivendo dia após dia nesta incerteza. E isso tudo após a aplicação de protocolos de saúde. Tememos pela aceleração do desemprego, principalmente de pequenos lojistas que representam 70% do total dentro de um shopping”, diz Nabil Sahyoun, presidente da Alshop.

“Avaliamos que o poder público deveria, desde o começo, voltar sua atenção em manter hospitais de campanha, aumentar a testagem, reforçar a oferta de transporte público entre outras medidas e o que estamos vendo é justamente o contrário”, completa.

Publicidade