Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Reservatórios esvaziando

O Planalto torce para a água de São Paulo acabar antes do dia 26 (leia mais aqui). Mas, na outra ponta, torce para que a chuva caia – e muito – para encher os reservatórios que abastecem as hidrelétricas. De acordo com dados oficiais, ontem os reservatórios do Sudeste/Centro-Oeste estavam com apenas 22,4% de suas […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 02h51 - Publicado em 16 out 2014, 14h21
Reservatório: falta de chuva

Reservatório: falta de chuva

O Planalto torce para a água de São Paulo acabar antes do dia 26 (leia mais aqui). Mas, na outra ponta, torce para que a chuva caia – e muito – para encher os reservatórios que abastecem as hidrelétricas.

De acordo com dados oficiais, ontem os reservatórios do Sudeste/Centro-Oeste estavam com apenas 22,4% de suas capacidades (São estes os responsáveis por abastecer 70% do sistema elétrico). Isso significa magros 1,1% acima do verificado em 2001, quando deu-se o racionamento.

Observe-se, contudo, que hoje as termelétricas suprem quase 30% das necessidades de abastecimento. Ainda assim, a continuar essa tendência, até o dia 31, os reservatórios da região estarão 1,63% abaixo dos níveis de outubro de 2001.

Continua após a publicidade
Publicidade