Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Regina Duarte queria emplacar linha de financiamento para a Cultura

Projeto estava em vias de ser apresentado pela então secretária, alvo de críticas pela inércia

Por Mariana Muniz 20 Maio 2020, 12h42

Antes de deixar o governo nesta quarta-feira, Regina Duarte disse a amigos que iria tentar emplacar uma linha de financiamento para o setor cultural. Segundo interlocutores da atriz, ela estava apegada ao cargo, e pretendia continuar na Secretaria de Cultura,

O projeto de ajuda financeira estava em vias de ser apresentado. A ideia da então secretária era de que o financiamento fosse destinado a todo o meio artístico – duramente castigado pelas medidas de isolamento impostas pelo combate ao coronavírus.

Na sobrevida que parecia ter ganhado na pasta após a entrevista em que mostrou seu alinhamento “total” com o governo, Regina estava animada. Sinal disso é que continuava apostando na publicação do decreto que vincula a Secretaria apenas a um ministério, e não mais a dois, como ocorre hoje.

A atriz, que deixa o cargo de secretária pouco mais de dois meses após tomar posse, foi alvo de cobranças pela falta de apoio que tem dado à Cultura e duramente criticada pela inabilidade política.

Continua após a publicidade
Publicidade