Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Radar TVeja: Peso de decisões cruciais sobre as togas do Supremo

O Supremo Tribunal Federal terá dois dias para decidir o destino de personagens importantes da crise política nacional. Além de concluir o julgamento sobre o rito de impeachment de Dilma Rousseff, na tarde desta quinta-feira, os ministros da corte ainda terão de marcar a sessão para deliberar sobre o pedido de afastamento de Eduardo Cunha […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 23h50 - Publicado em 17 dez 2015, 09h04

http://videos.abril.com.br/veja/id/5f758d5b3085937ecca2439ed21fd081?

O Supremo Tribunal Federal terá dois dias para decidir o destino de personagens importantes da crise política nacional.

Além de concluir o julgamento sobre o rito de impeachment de Dilma Rousseff, na tarde desta quinta-feira, os ministros da corte ainda terão de marcar a sessão para deliberar sobre o pedido de afastamento de Eduardo Cunha da presidência da Câmara e do mandato.

A sessão pode ser realizada na sexta-feira, se a discussão da ação sobre o impeachment terminar na quinta, ou até mesmo no sábado.

Não bastasse a complexidade dos dois assuntos, a Segunda Turma da corte ainda se reúne antes do pleno nesta quinta para analisar pedidos de soltura do senador Delcídio do Amaral e do banqueiro André Esteves.

 
Continua após a publicidade
Publicidade