Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Quitação falsa

A Justiça de São Paulo acaba de julgar improcedente uma ação que promete dar dor de cabeça a Carlos Alberto de Oliveira Andrade, o Caoa, dono da fábrica Hyundai-Tucson, representante da Subaru no Brasil e maior revendedor Ford da América Latina. Caoa e sua mulher, Izabela, foram ao Judiciário para tentar que um empréstimo de […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 04h23 - Publicado em 23 fev 2014, 08h31
Caoa: negociação continua

Caoa: quitação “montada”

A Justiça de São Paulo acaba de julgar improcedente uma ação que promete dar dor de cabeça a Carlos Alberto de Oliveira Andrade, o Caoa, dono da fábrica Hyundai-Tucson, representante da Subaru no Brasil e maior revendedor Ford da América Latina.

Caoa e sua mulher, Izabela, foram ao Judiciário para tentar que um empréstimo de 181,3 milhões de reais tomado ao Banco Santos há uma década fosse considerado quitado.

Mas o juiz Fernando Cúnico manteve uma avaliação já feita pelo perito do Ministério Público: a papelada de quitação apresentada é falsificada – ou “produto de montagem”, como consta da sentença.

Continua após a publicidade
Publicidade