Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Questão de autoridade

Dilma Rousseff sentiu o baque da reentrada em cena fulminante de Lula. Aos mais próximos tem dito que não pediu ajuda de Lula – ou seja, o ex interveio na crise de moto próprio. Nessas conversas, Dilma reconhece que Lula exagerou, minando sua autoridade. Efetivamente, foi exatamente isso o que aconteceu. Mais relevante, porém, é […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 11h49 - Publicado em 31 Maio 2011, 07h01

Dilma Rousseff sentiu o baque da reentrada em cena fulminante de Lula. Aos mais próximos tem dito que não pediu ajuda de Lula – ou seja, o ex interveio na crise de moto próprio. Nessas conversas, Dilma reconhece que Lula exagerou, minando sua autoridade. Efetivamente, foi exatamente isso o que aconteceu. Mais relevante, porém, é notar que Dilma admite que isso lhe criou um problema que não tinha. Que tipo de fissura no seu relacionamento com Lula este episódio produzirá, não se sabe ainda.

Publicidade