Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Quem vai?

Das oito testemunhas convidadas a depor ao Conselho de Ética da Câmara sobre as relações entre André Vargas e Alberto Youssef, na sessão de quarta-feira, seis não confirmaram presença e duas já avisaram que não darão as caras. Bernardo Tosto, dono da empresa do jatinho em que Vargas viajou, bancado por Youssef, e o secretário […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 03h39 - Publicado em 16 jun 2014, 17h29
Dores no peito

Ignorando o convite

Das oito testemunhas convidadas a depor ao Conselho de Ética da Câmara sobre as relações entre André Vargas e Alberto Youssef, na sessão de quarta-feira, seis não confirmaram presença e duas já avisaram que não darão as caras.

Bernardo Tosto, dono da empresa do jatinho em que Vargas viajou, bancado por Youssef, e o secretário do Ministério da Saúde, Carlos Gadelha, foram os únicos a deixar claro que não irão.

Os petistas arrolados por Julio Delgado – Rui Falcão, Candido Vaccarezza e Vicentinho Alves – sequer deram resposta ao convite enviado pelo colegiado, assim como os donos do laboratório-lavanderia Labogen, Leonardo Meirelles e Esdra Ferreira.

O próprio Youssef, indicado pela defesa de Vargas, também vem ignorando o chamado.

A turma tem até amanhã para dar a resposta.

Continua após a publicidade
Publicidade