Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Quem vai com Bolsonaro ao jantar preparado pelo PIB nesta quarta

Presidente se reunirá com grandes industriais, banqueiros e nomes do varejo disposto a ouvir as demandas sobre saúde e economia

Por Robson Bonin Atualizado em 7 abr 2021, 16h28 - Publicado em 7 abr 2021, 07h30

Nas palavras de um importante ministro de Jair Bolsonaro, o presidente decidiu sair de Brasília para ir até São Paulo jantar com alguns dos principais empresários do país com um único objetivo: “Ouvir”.

Bolsonaro sabe que sua batata andou assando entre bilionários há algumas semanas, quando os cabeças do setor produtivo protagonizaram dois fortes movimentos em relação ao Palácio do Planalto.

O primeiro foi uma carta assinada por 200 empresários com recados claros ao presidente e seu discurso contra o isolamento social, o atraso na vacinação e em outras medidas para conter a pandemia.

O segundo, menos explícito, mas muito mais contundente, se deu numa reunião privada com Arthur Lira, presidente da Câmara, e com Rodrigo Pacheco, o chefe do Senado. Desde então, o presidente ensaiou se unir aos demais poderes para mudar de discurso, mas pouca coisa mudou.

Nesta quarta, Bolsonaro vai a São Paulo acompanhado de seus principais ministros. Fábio Faria (Comunicações), Paulo Guedes (Economia), Tarcísio de Freitas (Infraestrutura), Bento Albuquerque (Minas e Energia) e Roberto Campos Neto (Banco Central).

O empresário Washington Cinel, dono da companhia de segurança Gocil, está organizando o jantar. Saúde e economia serão os temas principais da conversa.

Leia também:

Continua após a publicidade
Publicidade