Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Queiroga dá sinais de que não pedirá demissão na Saúde

Ministro vai tentar lidar com o anúncio do presidente de forma teórica, não como uma medida consumada

Por Robson Bonin 10 jun 2021, 18h11

Há pouco, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, deu sinais de que tentará lutar para que não vire uma regra no país a proposta de Jair Bolsonaro de desobrigar o uso de máscara para vacinados e quem já teve Covid-19.

Ao ler a notícia do anúncio do presidente, que ordenou ao ministro a realização de um parecer sobre a nova medida, Queiroga desconversou. Não pensa, portanto, em pedir demissão.

O ministro vai tentar contornar o novo tiro presidencial nas suas ações na pasta.

Publicidade