Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Quase 50% das empresas ainda trata inovação como assunto de diretoria

Pesquisa mostrou que apenas 38% das companhias buscam novidades na base da força de trabalho

Por Lucas Vettorazzo Atualizado em 15 set 2021, 10h35 - Publicado em 15 set 2021, 10h30

Quando o assunto é inovação, quase metade das empresas brasileiras aborda o tema como uma questão de diretoria e alta gerência. 

Pesquisa da consultoria Olivia mostrou que em 48% das empresas os processos de inovação seguem modelo que no jargão do mercado chama-se top-down, ou, em tradução livre, de cima para baixo. 

Nesse caso, a empresa desenvolve em nível de direção os caminhos para inovar internamente e os passa para os demais funcionários. 

Uma parte minoritária das empresas, ou 38%, segundo a pesquisa, faz o caminho inverso, indo buscar na base de sua força de trabalho as ideias e modelos para a inovação.

A pandemia reforçou a necessidade das empresas em investirem no tema. Segundo o levantamento, 64% das empresas têm áreas dedicadas à inovação, enquanto 36% não contam com o setor. 

O levantamento mostrou ainda que o principal ingrediente para uma cultura inovadora nas empresas é a colaboração, apontado por 56% das empresas pesquisadas, seguido de criatividade (23%) e confiança (17%).

Continua após a publicidade
Publicidade