Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

PSOL vira dor de cabeça para o governo e seus ministros

Os números do principal partido de oposição ao governo de Jair Bolsonaro, o PSOL

Por Evandro Éboli Atualizado em 24 jul 2020, 14h07 - Publicado em 24 jul 2020, 13h17

Nunca antes o barulhento PSOL fez tanta oposição e dormiu tão pouco. O partido não tem dado trégua ao governo Bolsonaro.

É convocação de ministros no Congresso, ação no Ministério Público e requerimento de informação para o Planalto quase que todo dia.

ASSINE VEJA

Os ‘cancelados’ nas redes sociais Leia nesta edição: os perigos do tribunal virtual. E mais: nova pesquisa sobre as eleições presidenciais de 2022
Clique e Assine

Nesse ano, a bancada e o partido  já apresentaram 40 representações no Ministério Público Federal  contra o presidente, o vice e 10 ministros.

Os temas questionados variam, vai de fila do INSS a apologia da ditadura, de promoção das fake news a manifestações racistas e homofóbicas.

Outras 22 representações foram enviadas ao MP do Distrito Federal.

Pedidos de convocação são outras dezenas.

 

Continua após a publicidade
Publicidade