Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

PSB flerta com Lula, é desejado por Ciro, mas só decidirá futuro em 2022

Presidente nacional da sigla, Carlos Siqueira defende que legenda foque nesse ano em montar palanques estaduais

Por Robson Bonin Atualizado em 18 jun 2021, 10h44 - Publicado em 20 jun 2021, 14h09

O PSB, diz Carlos Siqueira, deve deixar para janeiro de 2022 a sua posição sobre a eleição presidencial.

Até lá, Lula e Ciro que lutem pelo apoio do partido.

Segundo Siqueira, o partido deve focar neste ano na montagem de uma base sólida de candidatos aos governos estaduais e ao Congresso.

A prioridade da sigla é eleger boas bancadas de deputados federais e de senadores sem descuidar dos estados. Daí a filiação de Flávio Dino, que disputará o Senado pelo partido e de Marcelo Freixo, que tentará o governo do Rio.

Continua após a publicidade
Publicidade