Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Promotora pede bloqueio de bens de Perillo e cobra 3,9 bilhões

Governador é acusado de improbidade administrativa ao conceder benefício fiscal

A promotora Leila Maria de Oliveira, do Ministério Público de Goiás, entrou com ação civil pública na qual pede o bloqueio dos bens de  Marconi Perillo e cobra do ex-governador o ressarcimento de R$ 3,9 bilhões ao erário. Marconi é acusado de conceder benefício fiscal a empresas de R$ 1,3 bi em ano eleitoral, em 2014, no programa Regulariza. Envolvia quitação de dívidas de ICMS. A promotora aplicou ainda a multa de duas vezes o valor da renúncia fiscal. O tucano é acusado de transgredir também a Lei de Responsabilidade Fiscal. Para ela, o prejuízo atinge toda coletividade. A defesa de Perillo afirmou que irá recorrer, que tudo foi feito dentro da lei e em benefício de Goiás.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s