Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Projeto investe R$ 15 milhões em pesquisas de universidades sobre inovação

Iniciativa em parceria com a indústria vai financiar programas voltados a áreas como agricultura, mobilidade, mineração e energia elétrica

Por Laísa Dall'Agnol Atualizado em 5 jul 2021, 20h35 - Publicado em 6 jul 2021, 08h30

Uma iniciativa entre a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial e o Ministério da Educação vai investir R$ 15 milhões em projetos de universidades federais voltados à inovação em parceria com a indústria.

Ao todo, oito novos grupos de pesquisa foram selecionados como ‘Unidades Embrapii’ e serão credenciados para receber o financiamento.

Os projetos poderão ser desenvolvidos nas áreas de bioeconomia, mineração sustentável, agricultura, processos agroindustriais, tecnologias de alimentos, mobilidade e geração, transmissão e distribuição de energia elétrica.

A iniciativa prevê a alavancagem de recursos privados em inovação, à medida que o modelo de financiamento via Embrapii exige a contrapartida financeira por parte do setor empresarial.

A meta das novas unidades é gerar 75 projetos e cerca de R$ 36 milhões em investimentos de inovação.

Os novos grupos de pesquisas atuam nas universidades federais de: Ouro Preto (UFOP), Juiz de Fora (UFJF), Itajubá (UNIFEI), Santa Catarina (UFSC), Mato Grosso do Sul (UFMS), da Paraíba (UFPB), do Rio Grande do Sul (UFRGS) e de Pelotas (UFPel).

Com o resultado, passa para 26 o número de unidades Embrapii em 23 universidades federais.

Elas estão à frente de 310 projetos, de 197 empresas apoiadas, somando R$ 473 milhões em investimentos.

Continua após a publicidade
Publicidade