Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Procuradores reclamam das condições de trabalho na PGE em São Paulo

O governo de São Paulo montou uma força-tarefa para tentar acelerar a cobrança de dívidas dos maiores devedores do Estado. Mas nem tudo são flores. Procuradores responsáveis pela coleta dizem que os resultados seriam ser muito melhores caso houvesse número suficiente de agentes e de funcionários administrativos na Procuradoria-Geral do Estado, além prédios e instalações mais […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 21h40 - Publicado em 3 out 2016, 07h20
Reclamam das condições

Reclamam das condições

O governo de São Paulo montou uma força-tarefa para tentar acelerar a cobrança de dívidas dos maiores devedores do Estado.

Mas nem tudo são flores. Procuradores responsáveis pela coleta dizem que os resultados seriam ser muito melhores caso houvesse número suficiente de agentes e de funcionários administrativos na Procuradoria-Geral do Estado, além prédios e instalações mais adequadas .

“Está mais do que no momento de o governador Geraldo Alckmin autorizar o concurso de ingresso na PGE-SP, considerando que há cerca de 300 cargos vagos e só neste ano mais de trinta procuradores deverão se aposentar”, disse Marcos Nusdeo, presidente da Apesp.

Continua após a publicidade
Publicidade