Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Procuradores acionam PGR sobre falta de matéria-prima para vacina

Ofício pede que Ministério da Saúde e Itamaraty informem medidas que estão sendo adotadas para providenciar o IFA

Por Mariana Muniz 20 jan 2021, 17h05

Integrantes do Ministério Público Federal (MPF) em vários estados encaminharam ofício ao procurador-geral da República, Augusto Aras, para que o Ministério da Saúde e o Ministério das Relações Exteriores informem sobre as medidas que estão sendo adotadas para garantir o recebimento da matéria-prima necessária à produção de vacina contra a covid-19.

No documento, os procuradores da República no Amazonas, em Pernambuco, no Rio de Janeiro, no Rio Grande do Sul, em São Paulo pedem que seja analisada eventual medida para agilizar a entrega da matéria-prima a ser importada da China para o Brasil.

Os procuradores da República que assinaram o documento apontam que foi amplamente divulgado nos meios de comunicação que a Fiocruz ainda não recebeu o estoque de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) necessário para a produção nacional da ‘Vacina de Oxford/Fiocruz/Astrazeneca’, que estava previsto para chegar em janeiro.

O ofício foi direcionado à subprocuradora-geral da República Célia Regina Souza Delgado, e ao secretário de Cooperação Internacional do MPF, o subprocurador-geral da República Hindemburgo Chateaubriand Filho.

Continua após a publicidade
Publicidade