Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Procurador se afasta do cargo para disputar as eleições

Pretensões políticas de Mário Lúcio de Avelar não são de hoje

O procurador da República Mário Lúcio de Avelar se afastou do MPF para disputar as eleições. O cargo ainda não se sabe, mas não é de hoje que ele tem pretensões políticas.

Em 2014, sua candidatura ao governo de Tocantins pelo PSB não decolou.

O ex-procurador foi responsável pela ação que resultou na prisão de Jader Barbalho, em 2002. Naquele ano ele também colocou água no chopp da ex-governadora do Maranhão Roseana Sarney, que era candidata à Presidência.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s