Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Procurador pode ser enquadrado por ativismo político junto ao PSOL

Procurador Rodrigo Carelli participou de eventos do partido

O procurador do Ministério Público do Trabalho do Rio de Janeiro, Rodrigo Carelli, pode ser enquadrado em atividade político-partidária, proibida pela Constituição (art. 128) por ser agente público.

Isso porque não é tímida sua militância pelo PSOL. Há registros de palestras organizadas pelo partido que ele participou, além de abaixo-assinado rubricada por ele.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s