Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Procurador do gabinete de Janot diz ser difícil entender “legítima defesa” no caso Carandiru

O coordenador da assessoria constitucional do gabinete de Rodrigo Janot, procurador Wellington Saraiva, juntou-se ao coro dos que questionaram a decisão do TJ de São Paulo que anulou os julgamentos que condenaram 74 policiais militares pelo massacre do Carandiru. Em seu twitter, o procurador ressaltou que respeita o Judiciário, mas que tem muita dificuldade em […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 21h43 - Publicado em 28 set 2016, 11h37
Fora de questão

Fora de questão

O coordenador da assessoria constitucional do gabinete de Rodrigo Janot, procurador Wellington Saraiva, juntou-se ao coro dos que questionaram a decisão do TJ de São Paulo que anulou os julgamentos que condenaram 74 policiais militares pelo massacre do Carandiru.

Em seu twitter, o procurador ressaltou que respeita o Judiciário, mas que tem muita dificuldade em entender como o massacre possa ter sido legítima defesa.

Questionou ainda como que detentos dentro de celas poderiam ser uma ameça à PM de São Paulo.

Continua após a publicidade

Publicidade