Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Primeira-dama irá ao Congresso defender pensão a vítimas da microcefalia

Michelle Bolsonaro, que atua nessa causa, é aguardada na comissão que discute a MP de Bolsonaro nesse sentido

Por Evandro Éboli Atualizado em 3 out 2019, 11h40 - Publicado em 3 out 2019, 11h22

A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, é aguardada na comissão especial do Congresso que avalia a medida provisória que assegura pensão especial vitalícia de um salário mínimo para crianças vítimas de microcefalia decorrente do vírus zika. 

Michelle, que defende essa bandeira, deve comparecer na segunda-feira, dia 16 de outubro, numa sessão que irá ouvir os ministros Osmar Terra (Cidadania) e Damares Alves (Mulher e Direitos Humanos).

São 3,3 mil casos de crianças com microcefalia derivada da zika, a maior parte – 2,2 mil casos – no Nordeste.

 

Continua após a publicidade
Publicidade