Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Preso por mensalinho, deputado planejava assumir Alerj

Com apoio de Bolsonaro

Preso pela Polícia Federal na manhã desta quinta (8) por suposta participação no mensalinho de Sérgio Cabral, o deputado André Correa (DEM) havia iniciado campanha para assumir a presidência da Alerj.

Ele estava, inclusive, muito bem posicionado. Em conversas com correligionários, dizia que já tinha 41 dos 70 parlamentares comprometidos com a sua candidatura.

Esse apoio não incluía ainda a recém-formada bancada do PSL, incluindo Flávio Bolsonaro, que provavelmente iria aderir a Correa. Com o apoio do filho do capitão, a eleição dele parecia certa. Resta saber agora se as acusações do MP vão minar sua pretensão.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s