Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Presidente do DEM já não garante permanência na base de Temer

'Vai depender dos fatos'

Por Gabriel Mascarenhas Atualizado em 8 jun 2017, 14h34 - Publicado em 8 jun 2017, 11h31

Enquanto os tucanos ensaiam bater em retirada do governo na próxima semana, o DEM segue caminhando com Michel Temer. Até segunda ordem.

O presidente do partido, senador Agripino Maia, faz coro ao mandatário do PSDB, Tasso Jereissati, ao dizer que “todo dia tem um fato (suspeito) novo” sobre Temer.

Agripino assume a postura do nem morde nem assopra. Diz que não há nada programado para a sigla abandonar o barco, mas que isso será avaliado dia a dia.

  • “Estamos ao lado da base das reformas. Na base do governo, vai depender dos fatos”.

    Em termos objetivos, é o seguinte: o DEM não quer entregar os cargos que ocupa no governo, mas evitará o quanto puder fazer uma defesa enfática da conduta de Temer. Enquanto houver filé, não largará o osso.

    Continua após a publicidade
    Publicidade