Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Presidente do Cade, Cordeiro rejeita especulação sobre vaga no STF

'O presidente da República indicou André Mendonça, que preenche os requisitos para a vaga e tem meu apoio e torcida', diz Cordeiro

Por Robson Bonin 11 out 2021, 10h08

Presidente do Cade, Alexandre Cordeiro virou personagem recentemente de uma conversa atravessada, nas rodas de Brasília, sobre um possível fracasso de André Mendonça na busca pela vaga no STF.

Indicado por Bolsonaro, Mendonça seria rejeitado no Senado e, no seu lugar, Cordeiro seria indicado, com as bênçãos do centrão, para a vaga deixada por Marco Aurélio Mello em julho.

Nesta segunda, o próprio Cordeiro tratou de desmentir a história. Disse que fica lisonjeado por ter seu nome circulando nesse tipo de especulação, mas afirma que não é postulante à vaga — até porque, logicamente, não há vaga.

“O presidente da República indicou o ex-ministro André Mendonça, que preenche os requisitos para a vaga e tem meu apoio e torcida. Assumi, há pouco tempo, a presidência do Cade, função que almejei e para a qual me preparei. Estou totalmente focado neste trabalho, cujo mandato é de quatro anos”, diz Cordeiro.

Continua após a publicidade
Publicidade