Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Presidente da OAB associa mensagens entre Moro e Dallagnol à Inquisição

Felipe Santa Cruz disse ao Radar que ficou demonstrado naqueles trechos uma ação arbitrária e de desequilíbrio

O presidente Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, fez duras críticas ao comportamento do ex-juiz Sérgio Moro e do procurador Deltan Dallagnol, revelado na troca de mensagens que agora se tornaram públicas.

A OAB, em nota, defendeu o afastamento dos dois de seus cargos.

Em conversa com o Radar, Santa Cruz falou mais.

“O que vimos ali foi um poder arbitrário. Uma permissividade contra um cliente. Imagina isso se voltar contra quem não pode se defender. Quase uma Inquisição. Um sentimento de desequilíbrio. A operação mais importante do país desrespeitou o equilíbrio entre os poderes” – disse Felipe Santa Cruz.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Emilio Santana

    A esquerda está gritando como se tivesse algo muito importante para argumentar. Querendo fazer mais idiotas úteis novamente. Agora é a imprensa que fica replicando nada como se fosse alguma coisa. Vamos ser mais honestos e para de dar crédito à esses malas. Chega de defender mafiosos!

    Curtir

  2. jose monteiro

    Enquanto este país for país dos Advogados ao invés de Engenheiros, estamos todos frufrudids.

    Curtir