Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Presidente da Frente Brasil-China cobra demissão de Ernesto Araújo

Aliado do governo, deputado Fausto Pinato (PP-SP) diz que Brasil terá dificuldade de acesso à vacina se presidente não afastar o chanceler

Por Evandro Éboli Atualizado em 19 jan 2021, 14h28 - Publicado em 19 jan 2021, 14h29

Presidente da Frente Parlamentar Brasil-China na Câmara, o deputado Fausto Pinato (PP-SP) tem sua leitura das consequências ao país do tratamento dispensado por Jair Bolsonaro, seus filhos e auxiliares ao maior parceiro comercial do Brasil.

Pinato acredita que para o governo ter facilitado o acesso aos insumos e à vacina fabricados pelo laboratório chinês será necessária uma mudança de postura.

E também que o chanceler Ernesto Araújo seja demitido. E Pinato é um aliado do governo.

“A China não irá priorizar o Brasil enquanto não houver novo canal de diálogo. O presidente Bolsonaro precisa fazer um gesto. Não adianta bater e depois vir e tentar agradar. Tem que ter um gesto concreto. Por exemplo, trocar o ministro das Relações Exteriores”, disse Pinato ao Radar.

O deputado irá protocolar ainda na embaixada chinesa um pedido para que o presidente Xi Jinping intervenha a favor do Brasil e acelere os trâmites.

 

Continua após a publicidade
Publicidade