Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Por visita de secretário norte-americano, Ernesto Araújo vai ao Senado

Chefe da diplomacia brasileira foi chamado após mal-estar gerado pela visita de Mike Pompeo a programa de acolhida de venezuelanos, em Roraima

Por Mariana Muniz Atualizado em 21 set 2020, 11h29 - Publicado em 21 set 2020, 11h08

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, vai à Comissão de Relações Exteriores do Senado nesta quinta-feira, 24, para dar explicações sobre a visita do secretário de estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, a Roraima na semana passada.

O pedido foi apresentado pelo senador Telmário Mota (PROS-RR), que ameaçava barrar as sabatinas marcadas para esta segunda-feira em função da visita do secretário norte-americano – e já foi aceito pelo chefe do Itamaraty.

  • A reação dos senadores é decorrente do mal-estar causado pela troca de farpas entre o chanceler e  o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, em relação aos EUA e a questão venezuelana.

    ASSINE VEJA

    A vez das escolas Leia esta semana em VEJA: os desafios da retomada das aulas nas escolas brasileiras. E mais: Queiroz vai assumir toda a responsabilidade por ‘rachadinha’
    Clique e Assine

    Na sexta, Maia disse que a ida de Pompeo às instalações da Operação Acolhida, que recebe venezuelanos que migraram para o Brasil, é uma “afronta às tradições de autonomia e altivez” da política externa brasileira.

    Continua após a publicidade
    Publicidade