Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Por corte de gastos, ‘Jornal da Câmara’ deixa de ser impresso

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ordenou um corte de despesas e o “Jornal da Câmara” deixou de circular em edição impressa. Agora, a publicação será apenas digital. Eram impressos 800 exemplares às segundas-feiras, 1.200 às terças e quartas, 1000 na quinta e 600 na sexta-feira. Outras medidas de cortes devem atingir publicações de […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 22h49 - Publicado em 4 Maio 2016, 19h32
Jornal da Câmara: fora de circulação

Jornal da Câmara: fora de circulação

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ordenou um corte de despesas e o “Jornal da Câmara” deixou de circular em edição impressa. Agora, a publicação será apenas digital.

Eram impressos 800 exemplares às segundas-feiras, 1.200 às terças e quartas, 1000 na quinta e 600 na sexta-feira.

Outras medidas de cortes devem atingir publicações de lideranças partidárias e outros impressos da Casa.

Cunha já reduziu a cota dos gabinetes. A proposta é que cada deputado pague seu material usando a cota. A Câmara oferecerá um mínimo de papelaria oficial (cartões, papel timbrado, pastas).

Segundo levantamento da diretoria da Casa, havia muito desperdício. Na virada do mandato sobraram mais de 800 mil envelopes timbrados personalizados.

Continua após a publicidade
Publicidade