Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Por causa do coronavírus, Buser diminui preventivamente número de viagens

Aplicativo tem quase 2 milhões de passageiros cadastrados.

Por Manoel Schlindwein Atualizado em 30 jul 2020, 19h06 - Publicado em 13 mar 2020, 18h08

A startup de fretamento colaborativo Buser, de viagens intermunicipais e interestaduais de ônibus, decidiu reduzir preventivamente o número de viagens intermediadas pela plataforma. Essa é uma das medidas da empresa para conter o avanço do novo coronavírus no país, além do anúncio de distribuição de luvas aos motoristas e álcool gel para os passageiros.

A Buser também anunciou que fará aviso antecipado dos cancelamentos e reembolso dos valores. Atualmente, o setor de transportes, tanto aéreo quanto terrestre e marítimo, está entre os mais afetados pela nova pandemia.

O aplicativo tem quase 2 milhões de passageiros cadastrados e cresce 15% ao mês em número de cidades atendidas.

Publicidade