Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Planalto está decidido a retirar Serraglio da CCJ

Ex-ministro tem poucas horas para se comprometer a votar com Temer, caso queira permanecer na comissão

Por Gabriel Mascarenhas 11 jul 2017, 20h36

O Palácio do Planalto há tempos espera ser traído por Osmar Serraglio na CCJ. Por isso, o governo está decidido a substitui-lo por um nome disposto a votar pela derrubada da denúncia contra Michel Temer.

Como tem plena consciência de que não faltam motivos para o ex-ministro da Justiça sentir-se magoado, os homens do presidente estabeleceram um prazo caso Serraglio queira permanecer na CCJ.

Ele tem até a meia-noite para se comprometer com o líder do PMDB a votar contra a denúncia. Se não o fizer, será varrido da comissão.

Publicidade