Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Piloto oficial de Dilma pede para sair

Comandante do avião presidencial por cinco anos, Luiz Alberto Bianchi pediu transferência para a reserva

Por Gabriel Mascarenhas 11 jan 2017, 12h27

O brigadeiro da Aeronáutica Luiz Alberto Bianchi, que pilotou o avião presidencial por cinco anos durante o governo Dilma Rousseff, resolveu pendurar a farda. Saiu no Diário Oficial de hoje a transferência dele para a reserva.

Dilma não admitia voar com comandantes jovens. Bianchi, inclusive, teve de fazer o curso de especialização do aero-Dilma exclusivamente para substituir um piloto desprovido de cabelos brancos, que não agradava à petista.

Publicidade