Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

PGR nomeia procuradores para compor grupo que substitui Lava-Jato no Rio

Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado tocará as investigações da força-tarefa

Por Mariana Muniz Atualizado em 8 abr 2021, 09h57 - Publicado em 7 abr 2021, 18h29

O procurador-geral da República, Augusto Aras, designou nesta quarta-feira oito procuradores da República para integrar o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público Federal no Rio de Janeiro, o Gaeco.

O grupo vai tocar as atividades da extinta força-tarefa da Lava Jato no Rio, que acabou no último dia 31 de março. Segundo a portaria da PGR, os integrantes do grupo ficam desonerados de suas funções nos ofícios de origem, conforme pedido.

Farão parte do Gaeco do Rio os procuradores Eduardo El Hage, coordenador da Lava-Jato no Rio, Fabiana Keylla Schneider, Fernando José Aguiar de Oliveira, Marisa Varotto Ferrari, Paulo Sergio Ferreira Filho, Renata Ribeiro Baptista, Rodrigo Timoteo da Costa e Silva e Stanley Valeriano da Silva.

Publicidade