Clique e assine a partir de 8,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

PF prende secretários e assessor especial de Helder Barbalho

Ação da PF, da Polícia Civil de SP e da CGU cumpre mandados expedidos pelo STJ e pela Justiça de SP

Por Robson Bonin - Atualizado em 29 set 2020, 08h51 - Publicado em 29 set 2020, 07h55

A grande operação deflagrada pela PF, pela Polícia Civil de SP e pela CGU nesta terça para desarticular um esquema bilionário de corrupção na área da Saúde do Pará prendeu figuras próximas do governador Helder Barbalho.

Estão na lista de alvos de mandados de prisão temporária expedidos pelo STJ o secretário de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia do Pará, Parsifal de Jesús Pontes, que era chefe da Casa Civil, o secretário de Transportes do Pará, Antonio de Pádua Andrade e Leonardo Maia Nascimento, assessor especial do governador.

Peter Cassol Silveira, ex-secretário adjunto de Gestão Administrativa da Secretaria de Saúde, também está preso. Ele foi o mesmo que foi localizado com 750.000 reais na operação anterior.

Em um dos endereços, relacionados ao suposto operador da organização criminosa, os agentes encontraram euros e dólares escondidos. Ainda não há informação sobre a quantia localizada.

//Divulgação
Continua após a publicidade
Publicidade