Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Petistas vão se dividir entre julgamento de Lula e reforma da Previdência 

Na Câmara, partido vai tentar adiar sessão da reforma na CCJ por vinte dias

Por Evandro Éboli - Atualizado em 23 abr 2019, 15h45 - Publicado em 23 abr 2019, 09h20

A marcação pelo STJ do julgamento do futuro de Lula numa desses turmas mobilizou o PT de última hora. Os dois eventos vão ocorrer, até segunda ordem, em momentos simultâneos.

Na bancada do PT, o combinado foi de alternância. Quem não estiver inscrito para falar na reunião da CCJ sobre a Previdência segue para o STJ. Seja para assistir à sessão, seja para acompanhar do lado de fora, junto com a militância prevista, o julgamento.

Na comissão, os petistas vão tentar adiar por vinte dias.

Publicidade