Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Pessoa jurídica, não

Josué Gomes da Silva vai anunciar em breve que não aceitará qualquer doação de empresas para sua campanha ao Senado pelo PMDB de Minas Gerais. Admitirá dinheiro apenas de pessoas físicas. Josué decidiu antecipar-se a uma provável decisão do STF neste sentido, embora, se a nova lei for aprovada só valerá para a eleição de […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 03h38 - Publicado em 22 jun 2014, 08h35
Contra doações de pessoas jurídicas

Josué: contra doações de pessoas jurídicas

Josué Gomes da Silva vai anunciar em breve que não aceitará qualquer doação de empresas para sua campanha ao Senado pelo PMDB de Minas Gerais. Admitirá dinheiro apenas de pessoas físicas.

Josué decidiu antecipar-se a uma provável decisão do STF neste sentido, embora, se a nova lei for aprovada só valerá para a eleição de 2016.

A propósito, Josué já definiu também seu sucessor no comando da Coteminas, a maior empresa têxtil do Brasil. Mas resolveu que só o anunciará após as eleições – se for eleito, claro. Nos meses pesados de campanha, ou seja, entre julho e outubro, Josué se dedicará integralmente à campanha.

Continua após a publicidade
Publicidade