Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Gabriel Mascarenhas (interino) Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Pesquisa revela impacto econômico da pandemia nas favelas

Números apontam que 72% dos empreendedores tiveram de fechar temporariamente o seu negócio e 63% continuam fechados até hoje.

Por Manoel Schlindwein Atualizado em 5 out 2020, 14h10 - Publicado em 6 out 2020, 14h32

Manter o próprio negócio em meio a pandemia não é fácil. Mas é pior se você estiver na favela. Pesquisa do Data Favela, parceria do Instituto Locomotiva com a Central Única das Favelas (Cufa), revela que 92% dos empreendedores desses territórios experimentaram diminuição nas vendas em razão da Covid-19.

O impacto foi profundo: 72% tiveram de fechar temporariamente o seu negócio e 63% continuam fechados até hoje.

“Linha de crédito para o empreendedor da favela foi o auxílio emergencial, dinheiro usado para comer”, diz Celso Athayde, da Cufa.

“Se o comércio e o serviço local fecha, o dinheiro deixa de circular na favela, o que atrasa a sua recuperação”, diz Renato Meirelles, fundador do Data Favela.

Continua após a publicidade
Publicidade