Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Personagem-símbolo

A crise de identidade da juventude petista esbarra também no seu padrinho: José Dirceu. Aclamado como “guerreiro do povo brasileiro” e “comandante Zé”, Dirceu, o consultor bem sucedido do capitalismo brasileiro, esteve presente em quase todas as falas de dirigentes que ironicamente condenaram a corrupção no governo Dilma Rousseff, mas definiram o PT como “um […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 10h10 - Publicado em 15 nov 2011, 17h26

A crise de identidade da juventude petista esbarra também no seu padrinho: José Dirceu. Aclamado como “guerreiro do povo brasileiro” e “comandante Zé”, Dirceu, o consultor bem sucedido do capitalismo brasileiro, esteve presente em quase todas as falas de dirigentes que ironicamente condenaram a corrupção no governo Dilma Rousseff, mas definiram o PT como “um partido que quer construir um mundo socialista no Brasil”. Dirceu, claro, também disse ser contra a corrupção.

Publicidade