Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Gabriel Mascarenhas (interino) Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Pego com dinheiro na cueca, senador não é mais vice-líder do governo

O próprio comunicou ao líder Bezerra não ter mais condições de seguir no posto

Por Evandro Éboli Atualizado em 15 out 2020, 13h47 - Publicado em 15 out 2020, 11h57

O senador Chico Rodrigues (DEM-RR) não é mais vice-líder do governo.

Pego numa operação da Polícia Federal com dinheiro na cueca, o parlamentar deixa o cargo.

Ele mesmo comunicou ao líder do governo, senador Fernando Bezerra, que deixa o posto para evitar maior constrangimento ao Palácio do Planalto.

Numa segunda nota que divulgou sobre o caso, na tarde desta quinta, Rodrigues não negou que foi flagrado com dinheiro na cueca. Disse que renuncia à vice-liderança para “aclarar os fatos e trazer à tona a verdade”.

O senador reafirmou estar confiante na Justiça e acredita que logo tudo será esclarecido. E elogiou Bolsonaro.

“Acredito nas diretrizes que o grande líder e Presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro usa para gerir a nossa nação”. .

 

Continua após a publicidade
Publicidade