Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Conteúdo para assinantes

Paulo Guedes diz que governo prepara reforma tributária ‘radical’

‘O mínimo é acabar com cinco, seis impostos e botar em um só com a alíquota mais baixa’, afirma o ministro

Por Robson Bonin - Atualizado em 17 jul 2019, 15h37 - Publicado em 17 jul 2019, 09h01

Numa conversa recente com empresários, Paulo Guedes disse ter recebido apelos de gigantes do mercado produtivo pela reforma tributária.

Enquanto Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre lançaram suas propostas de reforma em comissões distintas no Congresso – na luta pelo protagonismo da agenda econômica pós-reforma da Previdência –, o chefe da Economia tem conversado com os empresários sobre a proposta que o governo está formulando – uma terceira versão.

Guedes diz ter ouvido dos empresários que eles vão “apoiar qualquer reforma” que o governo fizer, porque a situação é desesperadora. “Curiosamente, o mercado está indo na direção de uma reforma tributária radical e reformadora que nós vamos fazer. Nós vamos já, já começar a falar disso”, diz Guedes.

Segundo o ministro, a ideia é acabar com até seis impostos: “Nós estamos indo numa direção muito forte. O mínimo é acabar com cinco, seis impostos e botar em um só com a alíquota mais baixa. Pode ser que a gente tire todos e bote em um só. Estamos simulando. E aí, acabou esse negócio”.

Publicidade