Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Paranoia soviética

José Eduardo Dutra confidenciou a figuras próximas que, desde a descoberta do teatro em que se transformou a CPI da Petrobras, a companhia vive um clima semelhante ao do Kremlin na fase de derrocada soviética. O alto escalão trabalha cotidianamente em alerta máximo. Entre os diretores, ninguém confia em ninguém. Participantes de conversas sobre temas […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 03h19 - Publicado em 8 ago 2014, 09h29
Boca miúda

Boca miúda

José Eduardo Dutra confidenciou a figuras próximas que, desde a descoberta do teatro em que se transformou a CPI da Petrobras, a companhia vive um clima semelhante ao do Kremlin na fase de derrocada soviética.

O alto escalão trabalha cotidianamente em alerta máximo. Entre os diretores, ninguém confia em ninguém.

Participantes de conversas sobre temas importantes cercam-se de cuidados, medindo palavras, com medo de serem gravados e atentos para não darem margem de que sabem mais do que deveriam.

Continua após a publicidade
Publicidade