Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Para Serraglio, nomeação de Edinho é outra razão para impeachment

Ex-relator da CPI dos Correios, que comprovou o mensalão, Osmar Serraglio (PMDB) foi eleito para a comissão especial do impeachment. Além das pedaladas e dos decretos aumentando gastos sem autorização do  Congresso, o deputado defende o impedimento de Dilma Rousseff em função da nomeação de seu ex-tesoureiro Edinho Silva como ministro da Secom. Para Serraglio, Dilma nomeou Edinho para blindá-lo e evitar que […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 23h52 - Publicado em 12 dez 2015, 07h38
Serraglio: sem blindagem

Serraglio: sem blindagem

Ex-relator da CPI dos Correios, que comprovou o mensalão, Osmar Serraglio (PMDB) foi eleito para a comissão especial do impeachment.
Além das pedaladas e dos decretos aumentando gastos sem autorização do  Congresso, o deputado defende o impedimento de Dilma Rousseff em função da nomeação de seu ex-tesoureiro Edinho Silva como ministro da Secom.

Para Serraglio, Dilma nomeou Edinho para blindá-lo e evitar que ele, citado  em delações da Lava-Jato, ficasse à mercê da primeira instância. Leia-se: nas mãos de Sérgio Moro. Tal ato, na visão do deputado, enquadra-se em uma das definições legais de crime de responsabilidade, a de “proceder de modo incompatível com a dignidade, a honra e o decoro do cargo”.

Publicidade