Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Para ouvir Gilmar

Quando Roberto Gurgel recebeu a representação do PSDB contra Lula – que pressionou membros do STF para atrasar o julgamento do Mensalão – tratou de enviá-la para a primeira instância, alegando que Lula não possui mais o foro privilegiado. Quem recebeu o material foi Valtan Fernandes, da Procuradoria da República no DF. Em vez de […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 08h39 - Publicado em 11 jun 2012, 12h23

Longo caminho

Quando Roberto Gurgel recebeu a representação do PSDB contra Lula – que pressionou membros do STF para atrasar o julgamento do Mensalão – tratou de enviá-la para a primeira instância, alegando que Lula não possui mais o foro privilegiado.

Quem recebeu o material foi Valtan Fernandes, da Procuradoria da República no DF. Em vez de convocar Lula para se explicar, resolveu repassar o problema para Gurgel.

Em ofício, disse que precisa ouvir Gilmar Mendes para entender melhor o caso. Como ele é um ministro do STF, somente o PGR pode fazer tal solicitação.

O caso, agora, voltou para as mãos de Gurgel, que ainda não decidiu se vai convidar Gilmar para esclarecer o episódio.

Continua após a publicidade
Publicidade