Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Pacheco foi ‘picado pela mosca azul’, diz ministro de Bolsonaro

Planalto não perdoa postura do chefe do Senado durante o processo de abertura da CPI da Covid-19

Por Robson Bonin Atualizado em 1 Maio 2021, 11h59 - Publicado em 2 Maio 2021, 10h02

Jair Bolsonaro e seu núcleo mais próximo de ministros já chegaram a uma conclusão sobre o presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco. O senador mineiro, uma vez no cargo de chefe do Legislativo, teria deixado o poder subir para a cabeça.

Ainda que não seja provável nem algo alimentado pelo comandante do Senado, Bolsonaro acredita que Pacheco também sonha com o Planalto.

Um ministro resume o sentimento do presidente sobre Pacheco: “É um desconhecido. Não tem votos para ser síndico, mas foi picado pela mosca azul e acha que pode ser alguma coisa em 2022. Está cometendo um grave erro político”.

Publicidade