Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Os três minutos que Bolsonaro dedicou à COP26

Enquanto líderes discutem o futuro do planeta, presidente divulga vídeo sobre a Cúpula do Clima durante turismo familiar na Itália

Por Lucas Vettorazzo Atualizado em 1 nov 2021, 12h58 - Publicado em 1 nov 2021, 12h19

Jair Bolsonaro ficou de fora da COP26 em Glasgow, na Escócia, onde 117 autoridades do mundo discutem a partir desta segunda e durante os próximos dias o futuro do clima no planeta. O presidente preferiu não participar do evento pelo receio de ouvir pessoalmente críticas à sua política ambiental. Ao invés disso, divulgou há pouco um vídeo de cerca de três minutos em que defende que o “Brasil é uma potência verde”. 

“No combate à mudança do clima, o Brasil sempre foi a solução, não o problema”, disse Bolsonaro, repetindo o que já afirmou em outras arenas mundiais sobre o assunto, de que o país contribui para reduzir as emissões de carbono na atmosfera em razão da sua extensa cobertura vegetal ainda preservada. O presidente ignora os sucessivos recordes de desmatamento em seu governo, o desmonte dos órgãos de fiscalização e o interesse em avançar sobre terras indígenas com propósitos econômicos. 

O curto vídeo gravado pelo presidente será exibido no estande do Brasil numa parte do evento que é separada dos encontros principais de líderes. Apesar de não aparecer na convenção, o governo mandará representantes, como o ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, que chegará na cúpula na terça. Na sequência do vídeo gravado por Bolsonaro, Leite fez uma transmissão ao vivo em que prometeu reduzir as emissões brasileiras em até 50% até 2030.

Enquanto os principais líderes mundiais travam um debate de alto nível no encontro na Escócia, Bolsonaro decidiu estender sua estada na Itália, onde esteve para a reunião da cúpula do G-20 neste final de semana, em Roma. O presidente decidiu dar uma esticada até Anguillara Vêneta, cidade no distrito de Pádua em que nasceu seu bisavô paterno.

Continua após a publicidade

Publicidade