Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Os candidatos no Face

A guerrilha da campanha presidencial pelo Facebook está engatinhando – a rigor, na verdade, não começou. Mas os perfis oficiais e não oficiais dos três candidatos principais estão se posicionando. Há duas semanas, o Palácio do Planalto lançou sua página oficial do Facebook. Os resultados ainda são modestos: 35 000 fãs e uma média de […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 04h52 - Publicado em 4 dez 2013, 10h02
Campos e Dilma: toma, não quero mais

Disputa pelo Facebook

A guerrilha da campanha presidencial pelo Facebook está engatinhando – a rigor, na verdade, não começou. Mas os perfis oficiais e não oficiais dos três candidatos principais estão se posicionando.

Há duas semanas, o Palácio do Planalto lançou sua página oficial do Facebook. Os resultados ainda são modestos: 35 000 fãs e uma média de apenas 4 800 “falando sobre isso”, que é uma medida sobre o alcance da fanpage. A página de Dilma administrada pelo PT – e considerada pelo governo como “não oficial” – tem 127 000 fãs e 72 000 que estão “falando sobre isso”, um bom resultado.

Eduardo Campos tem uma página com 155 000 fãs e 54 000 “falando sobre isso”, também uma taxa alta de participação.

Aécio Neves conta com duas páginas oficiais. Uma que leva o seu nome e tem 221 000 fãs e 33 000 “falando sobre isso”. E outra criada mais recentemente apelidada de “Conversa com brasileiros”, com um número alto de fãs – 212 000 – , mas baixo em termos de alcance: apenas 21 000 “falando sobre isso”.

Continua após a publicidade
Publicidade