Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Os bônus milionários dos executivos da Oi

Valores são questionados

Não existe nenhuma guerra empresarial tão grande no Brasil hoje quanto a da telefônica Oi. Pois a temperatura dessa disputa subiu muito na semana passada com uma notícia-crime, impetrada pelos acionistas minoritários contra a administração da empresa, presidida hoje por Eurico Teles.

Com 44 páginas e 400 anexos, a acusação, assinada pelo advogado André Almeida, questiona a distribuição de bônus da ordem de 51 milhões de reais a alguns dos executivos da operadora.

De acordo com a denúncia, sem nenhuma comprovação de notas fiscais e contrariando as regras impostas pelo estatuto, Zenal Bava, ex-presidente, recebeu 40 milhões de reais a título de remuneração por resultado.

O então diretor de Finanças, Bayard Gontijo, ganhou 8 milhões. O presidente do Conselho, José Mauro da Cunha, ficou com 2 e José Mauro Figueira, secretário do Conselho, ficou com 1 milhão.

A ação considera essas somas “desvios de recursos” da companhia.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Ao que parece, a empresa goza de saúde financeira invejável…..”
    .
    “Goza”, também, na cara dos acionistas minoritários.
    Isto é roubo puro e simples.

    Curtir