Clique e assine com 88% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Operadoras de cartões querem privilegiar compras à vista

O cenário de incertezas na economia tem levado as operadoras de cartões a privilegiarem as compras realizadas com pagamento no ato. Em outras palavras, o valor que é pago às operadoras de cartões pelos lojistas pela utilização dos seus serviços obteve uma variação que aponta aos pagamentos à vista em detrimento das compras à prazo. O […]

Por Da Redação - Atualizado em 9 fev 2017, 07h51 - Publicado em 24 maio 2016, 15h40
36_cartao

Fiado só para maiores de 90 anos acompanhados dos pais

O cenário de incertezas na economia tem levado as operadoras de cartões a privilegiarem as compras realizadas com pagamento no ato. Em outras palavras, o valor que é pago às operadoras de cartões pelos lojistas pela utilização dos seus serviços obteve uma variação que aponta aos pagamentos à vista em detrimento das compras à prazo.

O custo financeiro das compras à vista variou de 1,46% em 2015 para 1,38% em 2016, valor que representa uma redução de 6% na taxa cobrada pelas operadoras aos lojistas. Por outro lado, as compras parceladas em dez vezes alcançaram 2,35% ante os 2,30% do ano passado. Em onze parcelas, o custo foi de 2,25% em 2015 a 2,47% neste ano — variação de 9,69%.

O aumento mais significativo, entretanto, foi nas compras em doze parcelas. No ano passado, a taxa cobrada pelas operadoras era de 2,28% e neste ano é 2,46%. A variação foi de 13,05%. Os dados são da Equals, empresa de gestão financeira.

Publicidade

O movimento das operadoras faz sentido, uma vez que, no fim das contas, é o cartão que financia as compras a prazo. Portanto, em um cenário de incertezas, as operadoras não querem correr o risco de não receber. Fiado só amanhã.

Publicidade