Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Operação ressuscitada

O Ministério Público de São Paulo recorreu ao STF, pedindo que a Operação Castelo de Areia seja reaberta. O relator da apelação é o mais novo ministro da Corte, Luís Roberto Barroso. A Castelo de Areia é a investigação que apurava superfaturamento de contratos, fraudes em concorrências, pagamento de propinas. Uma montanha de 200 políticos de […]

Nas mãos do elator

O Ministério Público de São Paulo recorreu ao STF, pedindo que a Operação Castelo de Areia seja reaberta. O relator da apelação é o mais novo ministro da Corte, Luís Roberto Barroso.

A Castelo de Areia é a investigação que apurava superfaturamento de contratos, fraudes em concorrências, pagamento de propinas. Uma montanha de 200 políticos de todos os partidos pode ter recebido o dinheiro proveniente da bandalheira.

Em 2010, o então presidente do STJ, Cesar Asfor Rocha, suspendeu a Castelo de Areia sob a justificativa de que o Ministério Público partiu de uma denúncia anônima para instalar os grampos para as escutas telefônicas – uma decisão inédita na história do STJ, aliás.

Quem conseguiu o travamento do inquérito foi Marcio Thomaz Bastos, advogado da Camargo Corrêa, uma das empreiteiras que aparecem nas escutas.

A Castelo de Areia, que tanto pânico causa em governantes de várias latitudes e empreiteiras, pode, portanto, voltar a assombrá-los.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s