Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Onyx é cobrado por álcool gel e máscaras para moradores de rua

Senador Jean Paul Prates cobra ações do Ministério da Cidadania

Por Manoel Schlindwein 19 mar 2020, 18h30

As recomendações para evitar o contágio pelo coronavírus foram amplamente divulgadas, mas nem todos têm acesso. A falta de água em várias regiões do país, como Curitiba e Rio de Janeiro, já foi apontada como um problema. Mas e como ficam os moradores de rua?

Chegou hoje ao gabinete do ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, um pedido do senador Jean Paul Prates solicitando urgência na distribuição de álcool em gel, luvas e máscaras para albergues e outros abrigos de pessoas que vivem nas ruas.

“O governo federal precisa ter um olhar especial para os moradores de rua. Muitas vezes, essa população é vista pela sociedade com muito preconceito, relegada à invisibilidade e à indiferença. A pandemia, porém, ameaça a todos nós e assim precisa ser enfrentada”, ressalta o senador petista no ofício.

Nas contas do IPEA, com dados do Censo do Sistema Único de Assistência Social, há mais de 100.000 moradores de rua no país.

Continua após a publicidade

Publicidade