Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

ONG brasileira ganha prêmio da Unesco por trabalho na Amazônia

‘Educação Relevante para o Desenvolvimento Sustentável em Comunidades Remotas da Amazônia’ foi um dos projetos vencedores

Por Robson Bonin Atualizado em 26 nov 2019, 15h30 - Publicado em 26 nov 2019, 14h30

Enquanto o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, prega contra a atuação de ONGs na Amazônia, a Fundação Amazonas Sustentável, uma entidade bancada por figurões do PIB – Bradesco, Samsung e Coca-Cola –, acaba de ganhar o Prêmio Unesco-Japão de Educação para o Desenvolvimento Sustentável, o ESD Prize.

A cerimônia de entrega do prêmio ocorreu no Teatro Amazonas, em Manaus, com a presença de parceiros, colaboradores e 60 ribeirinhos.

Além da ONG brasileira, outros dois projetos foram premiados: Camphill Community Trust (Botsuana) e a cidade de Hamburgo (Alemanha). Cada um dos premiados receberá 50.000 dólares.

A entidade brasileira venceu o prêmio por seu projeto “Educação Relevante para o Desenvolvimento Sustentável em Comunidades Remotas da Amazônia”, cujo foco é a geração de renda baseada em florestas, conservação ambiental e qualidade de vida.

Em tempo, nem tudo está perdido para o governo: a entidade também recebe recursos do Fundo Amazônia do BNDES.

Continua após a publicidade
Publicidade