Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Onde chegou a depressão de Henrique Alves na cadeia

Choros copiosos ao longo do dia

Por Gabriel Mascarenhas - 16 mar 2018, 06h31

O estado emocional de Henrique Alves, preso em Natal, começou a preocupar gente próxima a ele.

Extremamente deprimido, ele sequer conseguiu se levantar da cadeira para se despedir de uma pessoa que foi vê-lo dias atrás.

O ex-presidente da Câmara permaneceu imóvel, chorando copiosamente, aliás como passa grande parte de seus dias.

Publicidade